Territoire et société

A desvalorização cambial e a exportação de produtos florestais madeireiros

Hersen, A., Hoeflich, V.A., Ferrera de Lima, J.A., A desvalorização cambial e a exportação de produtos florestais madeireiros. Revista de economia e sociologia rural, p. 368-378, 2019.

Resumo O objetivo deste artigo é analisar o comportamento das exportações de produtos madeireiros do setor florestal após a desvalorização cambial, a partir de 2012. O método de avaliação de impacto foi o de diferença em diferenças (DD). Os resultados apontam que, apesar de as exportações representarem, em média, volume menor que a comercialização doméstica, elas tiveram variação absoluta mais expressiva com a desvalorização da moeda brasileira, a partir de 2012. A expressiva queda do real frente ao dólar possibilitou uma trajetória do volume de produtos madeireiros exportados mais positiva que na hipótese de sua inexistência. Contudo, políticas públicas de inclusão do pequeno produtor e empresários do setor madeireiro poderiam ter possibilitado resultados ainda mais satisfatórios, além de se tratar de políticas de emprego e renda.

DOI:10.1590/1806-9479.2019.186857